Jovens de Santa Rita ingressam em curso de marcenaria visando mercado de trabalho

Centro de Formação Educativo Comunitário, instituição sem fins lucrativos, oferece o curso de graça para moradores do Marcos Moura

Atraídos pela possibilidade de ingressar no mercado de trabalho, jovens com idades entre 16 e 20 anos, que residem no bairro Marcos Moura, na cidade de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, estão buscando o Centro de Formação Educativo Comunitário (Cefec) para participar de cursos profissionalizantes. Dentre as qualificações mais procuradas está a marcenaria tradicional.

A capacitação de mão de obra para o trabalho com móveis chama a atenção dos adolescentes pelo espaço que há no mercado para pessoas capacitadas na área e também pelo fato da região onde moram manter uma tradição moveleira.

Com quatro turmas formadas, o curso tem sido bem sucedido no quesito empregabilidade. O vice-presidente do Cefec, Adailton Pereira, destaca que todos os alunos de marcenaria formados na instituição conseguiram encontrar espaço no mercado de trabalho. Apesar de oferecerem uma formação em marcenaria tradicional, os estudantes saem preparados para ingressar na indústria, enfatiza Pereira.

No curso, os adolescentes aprendem a fazer móveis em MDF, a cortar, revestir e montar os produtos, a ler os projetos, conhecem as unidades de medida (cm, mm) e adquirem outras informações de conhecimento básico.

 alunos de marcenaria aprendem a fabricar e montar móveis

Tanto o equipamento quanto a matéria prima que os jovens usam para aprender a desempenhar a função de marceneiro são doados por uma empresa reconhecida em João Pessoa e especializada em comercialização de móveis planejados.

Durante o tempo em que passam no Centro, os jovens recebem aulas de reforço em português e matemática, e recebem, ainda, uma formação religiosa e humana, que passa os valores da entidade: espiritualidade, respeito, compaixão, amor, não violência, compromisso social, solidariedade, serviço ao próximo e justiça.

“Quando o jovem sai daqui, ele é mais avaliado (no mercado) pelo comportamento do que pelo conhecimento técnico”, garante Adailton. Ele lembra que por se tratar de um curso de curto período, realizado em um semestre, a formação técnica tem que ser complementada no mercado.

dinheiro dos móveis é revertido aos alunos e instituição

Ao final de cada semestre, a instituição realiza um evento de formatura onde os jovens recebem certificado de conclusão do curso. Também no fim da qualificação, os produtos resultantes do aprendizado são vendidos e o dinheiro arrecadado é dividido entre os aprendizes e a instituição. Esta última utiliza o valor arrecadado para investir no projeto.

Outros cursos

artesanato

Fora marcenaria, a entidade oferece os cursos de artesanato, corte e costura, embelezamento, gastronomia, informática básica, informática gráfica, oficina cultural, operador de caixa, orquestra, rotina administrativa e serigrafia digital.

Sobre o Cefec

equipe do cefec

O Cefec é uma instituição sem fins lucrativos de caráter filantrópico sediado à Rua Governador João Agripino S/N – Marcos Moura – Santa Rita (PB). A entidade foi fundada em 15 de junho de 2009 pela Congregação Religiosa Católica Irmãs da Providência com a finalidade de atender a comunidade, sobretudo, as famílias em situação de vulnerabilidade e risco, pessoal e social. Desde sua criação, a instituição beneficiou diretamente aproximadamente 6 mil pessoas, entre crianças, adolescentes, jovens e famílias.

Atualmente, a entidade atende 328 crianças e adolescentes através do Programa de Aprendizagem do Contra Turno Escolar com oficinas pedagógicas de recreação dirigida, leitura, letramento, dança, esporte, música, informática, atividade áudio visual, formação humana e religiosa voltado para crianças e adolescentes entre 5 e 13 anos de idade e do Programa de Educação e Qualificação Profissional para adolescentes entre 14 e 16 anos no período da tarde.

No período da manhã estão inseridos 360 adolescentes e jovens entre 14 e 29 anos no Programa de Educação e Qualificação Profissional nos seguintes cursos: informática (básica, operador premium, operador gráfico); turismo e hotelaria, auxiliar administrativo, operador de caixa, telemarketing/vendas, serigrafia digital, gastronomia, costura industrial, orquestra, artesanato, dança/teatro e ainda oferece atividades complementares (formação humana e cidadã, matemática, português, biblioteca e esporte).

Por Herbert Clemente

Carrinho de Compras
Seu carrinho está vazio =(
Continuar comprando
0
×